terça-feira, 14 de dezembro de 2010


Dicas para se viver na Primavera

É preciso aceitar que o tempo passa e a vida segue seu fluxo.
Não há como evitar as mudanças. Assim como a lagarta, em algum momento, perde sua antiga forma e tem que processar a metamorfose do corpo e da alma.

É necessário despertar a capacidade de superação e permitir a transmutação que leva ao novo.

Conheça-se! Cuide-se!
Invista em você mesmo para que esteja apto a usufruir novamente da vida.
Desintoxique-se através de dietas saudáveis, exercícios físicos, desbloqueio das articulações e da respiração.

Aprenda a ganhar leveza adquirindo novos hábitos que o libertem dos pesados dias da atualidade.

Purifique-se e vitalize-se através de banhos demorados, banhos de cachoeira e escalda-pés.
Mantenha seus rins intestinos em bom funcionamento.
Lembre-se, enfezado é um sujeito cheio de fezes, com lixo acumulado dentro de si mesmo.

Saboreie, com prazer, refeições harmônicas em vários níveis, feitas com carinho. Você tem feito isto uma vez por dia? Uma vez por mês?..

Nossa sugestão para um dia especial é:
- frango ao molho de rosas.

Como diz Carlos Drummond: Quem não tem namorado, está de férias, não remunera a si mesmo.

Que tal fazer uma faxina em si mesmo ou em sua relação amorosa e sair por aí, de alma lavada, de mãos dadas, tentando levar uma vida que valha a pena ser vivida?
Encontre uma poesia, uma música, uma história, uma frase, que fale de amor, do tipo:

- Amar é transgredir-se (Guimarães Rosa);

- Tão bom morrer de amor é continuar vivendo (Mário Quintana) ou;
- O amor da gente é como um grão. Tem que morrer para germinar (Gilberto Gil).

Descubra o artista que há em você. Pinte, borde, cante, dance, faça arte.

Adquira uma passagem rumo a um tempo melhor e deixe o vão das idéias leva-lo até lá.
Seja criativo.
Diga que tem tempo!
Perca o medo de ousar e faça algo para mudar sua vida.

Ofereça pelo menos duas flores nesta primavera.

Que tal para você mesmo?
Ou para alguém próximo, que está esperando há anos por isso?

Autor:Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário