sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Viver aprender e amar


 

Nós sempre estamos em constantes duvidas, sobre o que vamos fazer, como  fazer, e quando fazer. Isso é uma das coisas que mais nos faz mudar de humor,  de pensamentos, atitudes, e comportamentos diante da vida e das pessoas. É  um aprendizado constante, em que vamos nos moldando, e cabe a cada um de  nós, ser coerente com nossos confrontos diários em nossos relacionamentos.

Amar as pessoas não como nos queiramos que elas sejam, mas sim, como elas  são, as pessoas mudam por vontade própria ao se espelhar no outro, para o bem
ou mal. Cabe a nós compreendê-lo diante das situações e do momento em que  estão vivendo. Um olhar carinhoso, uma atenção as vezes com coisas  aparentemente sem importância para nós, mas que para o nosso amigo, irmão,  colega faz uma grande diferença.

Ai, é que reside a amizade, o coração amigo a solidariedade e o nosso desejo de  participar, ajudar, colaborar em todos os sentidos. É dessa união, dessas nossas  atitudes que gera-se a paz, o amor a compreensão e principalmente a força da  união, entre aqueles que querem ser felizes e estar próximo daqueles que  amamos, e nos dão alegrias com a sua presença.

É desse calor humano, que nos  humanizamos para sermos o exemplo das futuras gerações que pleiteiam a paz  dentro si, como combustível que nos faz filhos de um Deus que existe dentro de  cada um de nós, e que só precisamos ouvi-lo, e entender os seus desígnios e  qual é a nossa missão aqui nessa passagem.

Quando isso se revela dentro de nós, sentimos a alegria da felicidade que vai nos  acompanhar ao longo da nossa caminhada. Tudo que precisamos existe, esta  dentro de nós, basta apenas irmos ao encontro do nosso eu interior. A vida é  maravilhosa, cheia de mistérios, aproveite e viva, ela é muito breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário