quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Trabalho Espiritual e Família


Todos os que crêem em Deus buscam, mais que tudo, honrar ao Pai Criador com dedicação e assistência ao próximo.

O que nem todos percebem é que a honra maior que podemos oferecer a esse Criador é viver o amor em cada situação, encontrando um irmão em cada próximo, dentro e fora do lar.

A vida, às vezes, nos coloca diante de pessoas e situações que nos constrangem, incomodam e, com o tempo e o cansaço, nos levam a negligenciar e até mesmo esquecer uma de nossas mais importantes tarefas em cada encarnação: a família.

Nosso passado está velado para a nossa consciência, mas todos nós, sem exceção, trazemos, de outras vidas, dívidas e compromissos que o Pai Maior, em sua infinita sabedoria e justiça, nos permite viver, resgatar e recapitular junto aos nossos familiares, sem falar das oportunidades de aprendizado que Ele nos proporciona em cada um deles.

Portanto, quando deixarmos o nosso lar para o cumprimento de nossas obrigações espirituais, tenhamos o cuidado de observar se todas as nossas tarefas referentes à nossa família e ao interior do nosso lar estão bem cumpridas e completas.

Para isso, não basta preparar o alimento que será servido à nossa mesa. É preciso que ponhamos carinho e sincera dedicação nesse preparo.

Não basta trazermos para casa o dinheiro que suprirá nossas necessidades materiais. É preciso que, junto ao dinheiro, coloquemos um pouco do nosso coração e tenhamos amor e reconhecimento pelo nosso trabalho.

Não basta apenas dizer aos nossos filhos o que é certo ou errado. É preciso que, além das palavras, nós confirmemos a lição com os nossos exemplos.

Não basta, enfim, darmos conforto e beleza material à nossa família. É preciso que confortemos também o coração dos nossos familiares e embelezemos o nosso, a fim de que, quando viermos a socorrer alguém menos favorecido lá de fora, possamos agradecer a Deus as bênçãos que Ele, em sua bondade infinita, colocou bem ao nosso lado, dentro do nosso lar, em cada um dos nossos familiares. 

Autor:Desconhecido

Nenhum comentário:

Postar um comentário