sexta-feira, 20 de maio de 2011

Começos de Tarefa

Diz você que deseja iniciar-se no serviço do bem.
Não perca tempo na indecisão.
Eis aqui alguns modelos para começar.
Experimente suportar sempre com paciência
e carinho algum familiar de trato áspero.
Nos recintos onde surjam atividades de
natureza coletiva, ampare espontaneamente
a algum enfermo ou a essa ou àquela criança
incomodada que requisitem atenção.
Procure, no campo do próprio dever, ofertar ao
seu próprio trabalho alguns momentos de
cooperação extra, sem a preocupação de obter
gratificações ou elogios.
Busque tornar menos pesado o dia de algum
companheiro que você saiba em provação.
Se você é o centro, mesmo involuntário,
de algum fato desagradável, seja a primeira
pessoa a sorrir, desfazendo tensões ou
aborrecimentos capazes de aparecer.
Não reclame.
Não grite.
Não condene.
Não tema servir.
Não se queixe.
Aqui ficam algumas indicações para os companheiros
que aspirem a matricular-se na Seara do Bem.
Depois de iniciado semelhante trabalho, do ponto
de vista externo, então passaremos às tarefas
da renovação íntima, que são muito mais
complexas e mais difíceis, é claro.

                                  André Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário