terça-feira, 9 de novembro de 2010

Não despreze quem mendiga:

Levante-o.
Ouça com atenção e dê sua palavra confortadora.
Ele é seu irmão.
A fraqueza de caráter e as circunstâncias adversas levaram-no à vala comum. Certamente ele quer mudar de vida, ser como você.

É preciso só erguê-lo.
Reintegrá-lo à existência digna.
Não o condene. Na pessoa de cada mendigo há
um pouco da culpa de todos nós.

Autor:Lourival Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário