quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Façamos acontecer



De um modo didático podemos dizer que – em relação ao nosso comportamento ante os desafios da existência - há três tipos de pessoas na vida:

1°) aquelas que vivem, sendo levadas pelos acontecimentos da vida;
2°) aquelas que acompanham os acontecimentos, mas são levadas pela corrente da vida;
3°) aquelas que fazem os acontecimentos da vida, e demarcam os rumos que querem seguir...

Busquemos e lutemos por estar sempre no terceiro grupo: não se rebelando contra os fatos, todavia também não se conformando com eles; não menosprezando a sabedoria de ninguém, contudo não se acomodando nem deixando de buscar novos conhecimentos; não desanimando com os obstáculos, no entanto aprendendo com eles, fazendo deles plataforma para vôos maiores. Reflitamos acerca desses posicionamentos.

Locupletemos a vida, a cada dia, mais e mais de força, garra e esperança. Recordemos a famosa canção da década de sessenta, em que Geraldo Vandré nos exortava a meditar que “quem sabe, faz a hora, não espera acontecer”. Façamos acontecer fatos bons e grandes realizações por onde passarmos.

Muitos se queixam da vida, de tudo reclamando, e outros acabam até por desertar dela. Mal sabem ou sabiam eles que a grande mágica de nossa jornada existencial está guardada na gaveta de nosso coração.

Basta abrí-la diariamente junto com o amanhecer e iniciar o show de magia, onde cada número bem elaborado redundará no espetáculo de um dia de alegrias, satisfação e bons sentimentos. Façamos acontecer.

Rivalcir

Nenhum comentário:

Postar um comentário