segunda-feira, 18 de julho de 2011

               SERVIR MAIS, TRABALHANDO MAIS


Sempre fazer mais, trabalhando mais.
O dia reaparece carreando preocupações
ante a carga de lutas entretidas na véspera?
Servir mais, trabalhando mais.
Provações repontam, de improviso, anunciando empeços maiores ou desastre iminente?
Trabalhar mais, servindo mais.
Companheiros queridos nos deixam a sós,
quando mais complexa é a nossa própria
situação perante as responsabilidades que assumimos no bem de todos?
Servir mais, trabalhando mais.
Crises se nos articulam à frente, propondo-nos sacrifícios e obrigações que nos parecem impraticáveis?
Trabalhar mais, servindo mais.
Obscureceram-se caminhos e discórdias sobrevieram, impondo-nos a impressão de
que nos achamos sob a influência dos
inimigos da luz?
Servir mais, trabalhando mais.
Angústias, desapontamentos, decepções,
embargos, exigências e frustrações nos surpreenderam de chofre... O que era
esperança é desencanto,
o que era alegria fez-se amargura...
O dia escurece, a força como que nos
abandona... Tudo se nos afigura contrário
à expectativa da hora primeira?
A solução a todos os problemas é
trabalhar mais e servir mais.
Fora do trabalho, que se expressa em
serviço ao bem geral, estamos conosco,
mas, dentro do serviço que se expressa
em trabalho constante no vem dos outros
e na felicidade de todos, estamos
e estaremos com Jesus.
BATUÍRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário