domingo, 21 de outubro de 2012


Formas de Ver



Cada qual enxerga uma paisagem conforme os seus recursos
ópticos.
O daltônico vê as cores dentro de um prisma especial.
O míope tem a visão deformada em torno da realidade.
O presbitismo produz uma observação incorreta.
Qualquer deficiência ou anomalia na aparelhagem ocular responde
pela dificuldade visual.
Não obstante, se o homem desconhece as formas, e desde o início
adquiriu a capacidade de observar dentro das deficiências, não logra
imaginar a riqueza de detalhes, os contornos, a abundância das cores que
maravilham a vida.
Uma partícula de dejeto sob a lente de um microscópio, faculta
descobrir-se uma paisagem estelar.
*
Uma gota de orvalho na corola de uma flor, faz-se delicado
diamante sem engaste, a tremeluzir.
*
Na área das observações morais, cada criatura tem a dimensão do
fato de acordo com a óptica emocional e mental de que se utiliza.
Não é estranhável, portanto, que se defrontem pessoas que
somente enxergam imperfeições, erros e mazelas...
Outras há que se capacitam a descobrir em qualquer fato, apenas
o seu ponto negativo e infeliz...
Algumas se caracterizam pela dúvida sistemática a respeito do
caráter do próximo...
São inúmeras as conotações feitas em torno das criaturas, como
decorrência da projeção pessoal, emersão do eu interior que se torna a lente
pela qual se fitam todos os acontecimentos.
*
Consulta a consciência em todas as circunstâncias da tua vida.
Não ajas sob os impactos da emoção, confundindo capricho com
raciocínio correto.
*
Passa os teus planos e projetos pelo crivo da autocrítica e
informa-te de como gostarias que o outro agisse em relação a ti, caso fosses
o agressor, o infeliz perturbador...
Do mesmo modo, atua de consciência reta; no entanto, não te
conturbes sob pontos de vista doentios, arrogantes, que te trarão dramas
íntimos, agora ou mais tarde.
*
Sejam os teus atos um reflexo da tua paz, que deves cultivar com
os esforços de todo dia e os investimentos de toda hora.
*
À frente de qualquer realização, conquista os que te buscam,
pela bondade para com eles.
*
Não deixes marcas negativas nos caminhos transitados ou nas
pessoas que encontres, porquanto voltarás a defrontá-los.
*
Luta contra as tuas más inclinações, para o teu próprio bem.
*
Cada dia é um investimento novo da vida, de que terás que dar
contas.
*
Quem empreende uma tarefa deve escolher a meta e avançar por
conquistá-la.
Não pára, não recua, não maldiz, não queixa.
Consciente do que deve e se propõe fazer, sem tergiversações
prossegue.
*
Coloca as lentes do amor sobre as tuas deficiências e observarás
a vida, as pessoas e as coisas sob angulação feliz, num prisma rico de
belezas, que te ensejará mais produzir, quanto mais te devotares ao
compromisso.

Joanna de Ângelis


Nenhum comentário:

Postar um comentário