quarta-feira, 6 de junho de 2012





 

Me desculpe mas você não tem o direito de ficar assim, não pode de forma alguma aceitar as coisas, que se apresentam assim de qualquer jeito.
O conformismo é a pior atitude que podemos tomar, ele causa pequenas feridas que hoje nem dá para ver, mas com o tempo, elas vão crescendo e tomando formas, vão virando monstros obsessivos, "chupadores de sonhos".
É assim que nos tornamos insensíveis ás dores, é assim que aceitamos o fim de algo que não queremos, é assim que o doente morre mais rápido, é assim que o endividado se enforca mais e mais, é assim que o azarado se torna mais infeliz, é aceitando o não, quando quer um sim, e dizendo sim, quando quer dizer não.
Me desculpe mais uma vez, mas eu sei que o quê você pode fazer é muito mais do que isso, é muito mais do que cruzar os braços, é mais do que dizer que não vai mudar nunca, que você nasceu assim e assim vai morrer, isso é burrice, é revolta inútil.
Revolte-se contra o pessimismo, revolte-se contra o não agir, revolte-se com as coisas que você faz sempre errado, e que só dependem de uma única atitude, sua é claro, e pare de procurar culpados, afinal de contas, a vida é sua, e só você sabe onde a dor é mais forte.
Você é mais do que isso, mais do que querem te fazer pensar que é, e mais ainda do que imagina ser capaz, você é exatamente do tamanho da sua capacidade de crer, acreditar e sonhar, e onde você quer chegar é apenas o inicio de um novo tempo, de um novo ser, tempo de você realizar.

Paulo Roberto Gaefke

Nenhum comentário:

Postar um comentário