sexta-feira, 30 de março de 2012

Um virtuoso ignorado

 

 



Um homem vestindo jeans, camiseta e um boné de beisebol encostou-se num muro, ao lado de um latão de lixo, numa estação de metrô em Washington.
Ele pegou um violino e começou a t
ocar. Nos 43 minutos seguintes, depois de tocar seis peças clássicas, 1.097 pessoas passaram por lá e o ignoraram.
Ninguém sabia, mas o homem que estava do lado de fora daquela estação era Joshua Bell, um dos músicos clássicos mais talentosos do mundo, tocando as peças musicais mais famosas já escritas, num violino Stradivarius que vale 3,5 milhões de dólares. Contudo, nenhuma multidão se reuniu para escutar o virtuoso. Bell disse: “Foi um sentimento estranho, de que as pessoas, na verdade. . . estavam me ignorando”.
Deus também sabe o que significa ser ignorado. O apóstolo . Paulo disse que Deus soberanamente colocou evidências de sua existência na própria natureza humana. A criação também deixa transparecer uma mensagem inconfundível sobre a criatividade, beleza, poder e caráter de Deus. Embora ele tenha revelado a sua majestade, muitos se recusam a reconhecê-lo e agradecer. Mas Deus pedirá contas a todos que o ignoram. Ele revelou: “Tais homens são indesculpáveis; porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças” (Romanos 1:20-21).
Vamos reconhecer e agradecer o Virtuoso dos céus, que se revelou a nós de uma forma maravilhosa.
Extraído do devocional Nosso Andar Diário

Nenhum comentário:

Postar um comentário